top of page

Arrepio. Literário?!

Uma moça com unhas vermelhas, segurando uma caneca azul com uma mão e um livro também azul com a outra, com um agasalho em tons de cinza e com os braços enrolados em uma manta em tons de vermelho e cinza.

Oi, tudo bem com você?!


No primeiro post aqui do nosso blog, eu quero te explicar de como e quando foi que eu bati o martelo em relação ao nome do blog.


Quando comecei a pensar em fazer resenhas literárias, primeiramente a ideia era me concentrar em livros de terror, suspense, thrillers e suas subcategorias, que são meus gêneros favoritos. Uma vez resolvido o nicho, era hora de pensar em um nome pro projeto. Depois me muito quebrar a cabeça, achei que arrepios tinham tudo a ver com as obras que pretendia abordar, afinal de contas, a gente tende a associar essa sensação corporal ao medo.


Até aí, tudo lindo. Comecei a postar algumas coisas no Instagram e tudo mais, mas ai me deparei com um livro que meio que se distanciava um pouco do que eu tinha planejado inicialmente. Comecei a ler "A pequena loja de venenos" e o livro é tão encantador que quis compartilhar com os amigos que já estavam me seguindo lá na plataforma. De repente, eu caí na real e acabei admitindo que, embora eu tenha sim gêneros favoritos, meu gosto literário vai além. Também curto muito ficção científica, distopias, clássicos do realismo, fantasias e, com bem menos intensidade, romances. Então, já que eu tenho toda essa outra gama de possibilidades, por quê restringir? Logo, aquela proposta inicial já não fazia mais tanto sentido assim pra mim.


Foi aí que eu pensei: a casa caiu pra mim! Já tenho um nome que eu gosto tanto, alguns bons amigos que me seguem no IG (só tinha essa plataforma até então) e que já associavam esse nome a mim... Enfim. Senti que seria jogar fora todo o trabalho que eu já tinha feito. Caramba, será que vou ter que começar tudo de novo?! Me deu até um arrepio!


Eureka! Arrepio! É isso! Eu não me arrepio só quando tô com medo, né! Os meus pelos também ficam eriçados por vários outros motivos. Quando eu escuto uma música que amo, ou quando vejo aqueeeela cena daqueeeele filme (no caso, o filme é Dirty Dancing e a cena é a última dança do Johnny e da Baby s2), fiquei arrepiada quando meus irmãos nasceram - todos os 4, a primeira vez que beijei meu namorado (agora maridão!), quanto tomo suco de limão sem açúcar.... Uma pá de coisas! Arrepio é aquele friozinho na barriga que a gente sente em mil e uma situações diferentes. Que não tem idade. Não segue regras. Arrepio é o que eu tenho quando tô lendo um livro.


E por isso tudo, resolvi manter o nome e ampliar meu horizontes, sem ter a obrigatoriedade de manter um padrão de gênero literário, mas sim de me divertir enquanto faço o que eu mais amo: ler. E, é claro, colecionando arrepios.


Eu te convido a embarcar nessa jornada comigo. Pode ser que a gente não concorde em tudo o tempo todo. Mas te garanto que aqui você vai encontrar verdade, respeito, acolhimento e carinho.


Ótimas leituras e muitos arrepios pra você!


Até a próxima.



66 visualizações6 comentários

6 Comments


zilliga
zilliga
Jan 06

Nossa estou lendo seu relato e imaginando você realmente falando tudo isso, rsrs È a sua cara, o seu jeito e tem tudo pra ser sucesso!!! só posso dizer: VOA minha menina, você vai longe....

Like
Replying to

Obrigada, Alê! Fico imaginando você rindo sozinha imaginando eu falando essas coisas! hahahahah

Você é maravilhosa, obrigada por tudo! 😘

Like

Caroline Ramos
Caroline Ramos
Dec 31, 2023

Não tem nome mais acertado e amei a explicação! Pessoalmente acho lindo esse processo da escolha do nome da marca, onde as vezes as emoções tomam conta antes da razão e só depois conseguimos enxergar o pq… e tudo faz sentido! Deu até um arrepio aqui!!! <3 Parabéns e muito sucesso!!!

Like
Replying to

Ah, sua linda! Obrigada! Esse processo criativo é muito doido mesmo, né?! Você melhor que eu pode atestar isso! E quando o coração diz que é aquilo mesmo…. Não tem razão que diga o contrário! Sucesso para nós! ❤️

Like

Nossa que legal!! É verdade que sempre vemos ou ouvimos sobre “arrepio“ a gente tende a lembrar de medo, mas nada melhor do que sentir um arrepio de felicidade em ler um livro incrível, independente do gênero dele, adorei a história de como você chegou ao nome!! Já sou sua maior fã pela sua criatividade!!

Like
Replying to

Obrigada, maravilhosa! Criar é bom demais! 💜

Like
bottom of page